Frutas » Naturais Umbu

Benefícios do Umbu

[Umbu]
Fonte: Fruta

umbu (nome científico Spondias tuberosa), também conhecido como imbu ou jique, é uma árvore típica do agreste e caatinga, sendo encontrado na região Nordeste e norte de Minas Gerais. O nome vem do tupi-guarani “y-mb-u”, que significa “árvore que dá de beber”.

A árvore pode viver até 100 anos e possui raízes em formato de batata, que podem acumular até 1 litro e meio de água, o que permite que a planta possa resistir à seca. Por conta da importância das suas raízes na estocagem de água, o umbuzeiro é também chamado de “árvore sagrada do Nordeste”, sendo considerado um símbolo de resistência.

O umbu árvore possui a folhagem em formato de guarda-chuva e sua raiz pode armazenar até 3 mil litros de água na época das chuvas. O fruto apresenta um formato que pode variar, sua casca fina possui verrugas e, quando maduro, atinge uma tonalidade amarelo-esverdeada. A polpa tem uma textura mole e de cor branca ou então esverdeada, com um sabor que é uma mistura entre azedo e agridoce. No interior do fruto há um caroço grande.

O período de frutificação até a total maduração dos frutos ocorre em torno de 125 dias, variando de região para região. Enquanto a safra está iniciando em Pernambuco e Paraíba nos meses de fevereiro e março, na região da Bahia a safra está o fim.

As folhas são consumidas por animais domésticos, como bois, cabras e ovelhas, além de animais selvagens, como veados e cagados. Elas também são utilizadas na preparação de saladas para o consumo humano.

A raiz é uma batata que possui um sabor adocicado e contribui para saciar a fome dos sertanejos nos períodos de seca. A água da batata é usada para a fabricação caseira de vermífugos e para tratar diarreias. Da raiz seca também é possível extrair farinha comestível.

Essa fruta tão suculenta e refrescante é bastante popular no Nordeste, sendo muito usada na culinária, tanto verde quanto madura, na fabricação de sucos, sorveres, geleias e outros tipos de doces. Ela também pode ser consumida in natura e é usada para a produção de vinagre. A polpa batida com leite e açúcar é chamada de umbuzada nordestina, uma famosa sobremesa da região.

O umbu cajá é uma fruta considerada exótica e consiste em um cruzamento natural ocorrido entre o umbu e o cajá. Eles são mais comuns na região onde há a transição entre a Mata Atlântica e a Caatinga, onde é mais encontrado próximo às residências, devido à necessidade da presença humana para a sua propagação.

As propriedades do umbu incluem a presença da vitamina A, vitamina C, vitamina B1, cálcio, ferro, fósforo, além de ser uma ótima fonte de proteínas, carboidratos e niacina. Cada 100 g da fruta umbu apresenta por volta de 60 calorias, por isso não é verdade que o umbu engorda, quando consumido de forma moderada. A fruta é também uma poderosa aliada contra a desnutrição e na eliminação de toxinas.

BENEFÍCIOS DO UMBU

O umbu apresenta ação antioxidante e ajuda a fortalecer o sistema imunológico, protegendo contra o aparecimento de doenças e ainda prevenindo o envelhecimento precoce.

Ajuda no emagrecimento

A fruta umbu é rica em nutrientes e possui um baixo teor calórico. Esses fatores, aliados a uma dieta balanceada e à prática de atividades físicas, contribuem para a perda de peso, pois, além de contribuir para o bom funcionamento do organismo, evita o acúmulo de calorias. Além disso, o umbu é rico em fibras, sendo encontradas 2 g a cada 100 g, o que oferece uma sensação maior de saciedade, reduzindo o consumo de calorias diárias por controlar o apetite.

Apresenta ação antioxidante

O umbu possui antioxidantes, entre ele os polifenóis, que agem no combate dos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce, artrite, doenças cardíacas e câncer.

Fonte de vitamina C

A presença da vitamina C ajuda a combater infecções e também colabora na formação do colágeno, substância indispensável para a pele, o que a deixa mais firme e com aparência mais saudável. A vitamina C também ajuda na cicatrização e na absorção do ferro no organismo.

Fonte de vitamina B

Outra vitamina presente no umbu é a B que, por não se tratar de uma vitamina produzida pelo nosso corpo, precisa ser adquirida através do consumo de alimentos que a contém. Essa vitamina atua no metabolismo da glicose e, quando o organismo não possui a quantidade necessária, pode causar fraqueza, falta de energia e problemas de memória.

Contribui para a eliminação de gases

Por ser uma fruta com propriedades antiespasmódicas e também ser rico em água, o umbu auxilia na eliminação das fezes que podem estar provocando dores estomacais e gases.

Tem efeito energético

A polpa do umbu fruta atua como um potente energético, pois é formada por vitamina B, vitamina C e também nitratos de carbono, substâncias que contribuem para fornecer energia ao corpo.

Pode combater problemas nas córneas

De acordo com a medicina popular, o uso das folhas do umbu contribui para reduzir problemas relacionados às córneas. Para isso, é necessário ferver as folhas na água por alguns minutos, colocar uma colher desse preparado em uma xícara de água e passar nos olhos. Porém, como não há confirmação científica a respeito, o melhor a fazer é procurar um médico para que seja informado sobre isso antes de iniciar o tratamento por conta própria.

Cuida da saúde do intestino

O umbu pode ser usado para o tratamento de vermes intestinais. Além disso, ajuda no tratamento de diarreias. Para isso, é feito um chá usando as folhas da fruta para tratar essas enfermidades.

Como plantar umbu

Para a plantação em escala doméstica podem ser usadas as sementes de umbu, que devem ser coletadas a partir de árvores vigorosas. O plantio pode ser feito em vasos com covas com cerca de 4 cm de profundidade, que devem receber esterco animal. A germinação ocorre entre 20 a 90 dias. Assim que as mudas chegarem a 30 cm de altura, elas já estarão prontas para serem removidas ao seu local definitivo.

O período ideal para o plantio no solo definitivo é entre os meios de maio e agosto, devendo o solo ser fértil, profundo e bem drenado. Ao receber a muda, o solo deverá ser mantido sempre úmido, porém, sem que seja encharcado. O espaçamento entre as mudas deve ser entre 12 a 16 metros e as covas com 40 cm de altura, largura e profundidade.

O ideal é misturar ao solo cloreto de potássio, superfosfato simples e curral curtido, cerca de um mês antes de ser feito o plantio. Para evitar a proliferação de ervas daninhas que podem acabar sufocando as mudas, o recomendado é fazer capinas manuais até os 5 anos de vida da planta.

A árvore leva por volta de dez aos para começar a produzir frutos e sua frutificação acontece no verão. A maturação pode ser observada quando a casca do fruto adquire a cor amarelada. O umbu para o consumo deve ser o que apresenta um formato arredondado e casca lisa.

Tabela nutriconal porção de 100g

*Valores diários de referência com base em uma dieta de 2000 kcal ou 8400J. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Descrição Quantidade por porção %VD*
Valor energético 37Kcal=155kJ 2%
Carboidrato 9,4g 3%
- Açúcar Total - -
Proteína 0,84g 1%
Gorduras Totais 0,00g 0%
- Gorduras Saturadas 0,00g 0%
- Gorduras trans 0,00g -
- Gorduras Polinsaturadas - -
- Gorduras Monoinsaturadas - -
Fibra Alimentar 2,0g 8%
Sódio 0,00mg 0%
Cálcio 12mg 1%
Zinco 0,42mg 6%
Lipídeos 0,46g -
Magnésio 11mg 4%
Ferro 0,09mg 1%
Cobre 0,04mg 0%
Fósforo 13mg 2%
Potássio 152mg -
Cinzas 0,47g -
Manganês 0,03mg 0%
Retinol - -
Selênio - -
Vitamina B1 (Tiamina) 0,05mg 8%
Vitamina B2 (Riboflavina) 0,06mg 8%
Vitamina B3 (Niacina) - -
Vitamina B6 (Piridoxina) 0,03mg 0%
Vitamina B9 (Ácido fólico) - -
Vitamina A - -
Vitamina C 24mg 54%
Vitamina E - -
Fonte: Taco